domingo, 19 de junho de 2011

Versão 19.06.2011 de 24.11.2009

(...)
Tem vezes que as palavras não dão conta
Tem vezes que apenas uma basta.

Nenhum comentário: