domingo, 11 de setembro de 2011

Versão 11.09.2011 de 30.08.2011

De madrugada a madrugada, 
quase todas de insônia mal aproveitada, 
ergui um sonho... 
Assim meio desmantelado, 
retalhado,
de um desejo bom e puro,
em meio a tanto pensamento sujo...
Foi amanhecendo que virou realidade.

2 comentários:

Brilho da Lua disse...

ando tendo essas muitas insônias mal aproveitadas

Parole disse...

Os pensamentos que brotam da insonia, quase nunca sao bons, melhor quando amanhece a realidade...

Muito lindo seu poema, querido.

Beijo e otima semana para vc tb.