sexta-feira, 16 de março de 2012

Série Amor de Circo* - 3/7

Mas tem hora que o macaco não obedece. É domador, bicho manso também se aborrece. Revelara-se o segredo por trás da mágica e eu aguardava apenas sua chegada para ver sua maquiagem borrar até sumir. Quem faz graça agora é o palhaço aqui. Soltei os bichos. Salve-se se puder porque o elefante é meu amigo. Frente a mim, sua cor escondeu-se e entre o que ainda restava das minhas pernas bambas que eu insistia em disfarçar, juntei forças para não vacilar. Naquela noite ninguém dormiu, no meio da confusão palhaço mandou mágico pra puta que o pariu.

* Título provisório (trecho escrito em 18.02.2012).

Nenhum comentário: