domingo, 25 de março de 2012

Série Amor de Circo* - 4/7

Senhoras e Senhores, perdoem a piada sem graça, mas é que esse palhaço cansado deixa o picadeiro de coração partido. Por mim a lona desce e as luzes se apagam. Se não, que chova, que a lona é furada e aí ninguém escapa. Essa tempestade não é chuvisco. Foi com esse gosto de pipoca estragada que rolei em nossa cama feito rumbeira mal amada. Dormi com o leão e acordei ferido, da cor do meu nariz. O próximo quadro seria mais feliz?...

* Título provisório (trecho escrito em 20.02.2012 - versão de 05.07.2011).

Um comentário:

Aryane Pinheiro disse...

Amor de circo, um título provisório bastante intrigante, aguçou minha pobre imaginação monocromatica. ...