sábado, 7 de abril de 2012

05.11.2011

Uma chuva lavou minhas ideias e o vento que a acompanhou varreu quase todos os meus preconceitos e certezas imutáveis presas ao meu peito. Não sei como começar isso. Sei apenas que nesse exato instante estão se processando dezenas, centenas talvez, de pensamentos, imagens e relações de tamanha simplicidade e muito provavelmente por isso me sobra apenas o espanto diante desse fato.
A chuva, a energia, as vontades, o tempo, os olhares, as percepções, os desejos comuns e as forças contrárias... A barata que acabo de matar que cruzou meu caminho horas antes de eu me deitar. O que aconteceu há pouco não vai para meu calabouço, não posso deixar pra lá, nem guardar longe do meu olhar, não esse que vê, o físico, a matéria, mas aquele que me ensina a prudência, por instinto ou intuição, que me diz "vá com calma" ou "pode confiar" ou ainda "não é o que você pensava". O exercício, lá vou eu com essa mania de exercício, mas é que não conheço outra palavra, e então esse exercício de olhar para outro como se deve olhar para si mesmo, com amor, com generosidade, livre para se surpreender... Fui surpreendido pela chuva, pela música, pelo músico, pelos amigos e desconhecidos, pelas vítimas da minha arrogância. Fui surpreendido porque acolhido. Não sei onde isso vai dar...

4 comentários:

Parole disse...

Uma alma limpa de preconceitos é uma alma com espaço para que entrem as coisas boas e novas da vida.

Muito belo, querido.


Deixo um beijo e o desejo de uma páscoa feliz.

Ana Agarriberri disse...

Reflexivo, introspectivo, tão teu.

Saudades daqui. Beejo, beejo.

Tenha uma bela Páscoa. =)

Gracita disse...

Olá
Adorei saborear mais este capítulo. estou ansiosa pelo final desta emocionante história.
Deixo meu carinho...
Neste domingo de Páscoa, gostaria de desejar a você muita paz e harmonia. Que você tenha um reencontro consigo mesmo e que as portas que Ele já abriu conduzam realmente a um caminho de muita luz, renovação e libertação.
Beijinhos co muito carinho
Gracita

Lalli Carvalho disse...

Quanto tempoooo :)
Como você tá?
Beijos