domingo, 13 de maio de 2012

09.07.2011

Vou escrever uma coisa bem ruim. Algo totalmente desinteressante. Ninguém terá vontade de ler, senão por acidente. Somente quando jogadas por aí disfarçadas de poesia, minhas palavras talvez encontrem um leitor, desatenta figura, com propósito pior que esse meu, para passar a vista nessas orações vazias de sentido. Bobagem, talvez eu já tenha escrito.

Nenhum comentário: