domingo, 28 de outubro de 2012

27.10.2012

Sobreviva, me diz a vida.
Se puder, logo em seguida.

5 comentários:

João disse...

É o veneno voltando à garganta todas as manhãs.

Estive sem internet esses dias. Não tive como te escrever. Ontem sonhei que ia te visitar. Foi beeeem louco. Acho que ainda hoje te escrevo, tenho coisas pra falar. Até mais!

Lari Moreira disse...

Perfeito!

http://maybe-i-smiled.blogspot.com.br/

Laisa disse...

desafiador, não?

mas o que eu faço se não puder?
e, na linha oposta, e se sobreviver não me for suficiente?

abraço,

Aryane Pinheiro disse...

O curioso é saber o que você responde a ela, diante do desafio proposto...
Beijos e cheiros

Autora escondida disse...

Adorei!!!