domingo, 31 de março de 2013

18.11.2012

Eles estavam tão perto que se resolvessem olhar um para o outro suas bocas se encontrariam num beijo. Espremidos no parapeito da janela conversavam sobre suas vidas, suas mortes, seus encontros e despedidas. Ali tão juntinhos, de frente para o céu quase sem estrelas, mas não nublado, diziam do perigo de estarem abandonados, do desejo de dançar, enquanto o vento que passava ameaçava derrubar as latas vazias de cerveja. Às vezes se olhavam, não ao mesmo tempo, para não correrem o perigo ou na esperança de... O diálogo foi para tantos lugares durante aquele longo tempo em que ficaram quase estáticos. Foi quando resolveram deixar a varanda e ir para a sala, no mesmo instante.

Um comentário:

Gracita disse...

Boa tarde amigo
Que a alegria da ressurreição de Cristo traga para nossos corações a alegria e coragem para recomeçar sempre. Muita harmonia, paz e amor neste domingo com sabor de chocolate. Um dia abençoado e feliz para você e sua família.
Beijinhos
Gracita