quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Série O dia de hoje, a hora de agora - 2/8*

Indecisão em primeiro lugar.
(...)
Faça, faça, faça, me digo.
Acabei de ler um poema tão
simples
(...)
Estou com tanta coisa em mim
que mal consigo dormir.
Zanzando entre o que aprendo e
o que sofro, na hora ou
por antecedência
(...)
Um rapaz esperou entardecer
para clicar sobre a luz
que incidia nas nuvens
e amarelá-las digitalmente.
Às vezes dava certo,
Às vezes ficava cego.
(...)
Terceirizei minha pessoa
na esperança de falar
menos de mim.
(...)
Ele tentou
dizer que...


* 07.08.2013, às 01:32.

Nenhum comentário: