quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Só assim...

Obra de P. Lucena. 13.01.2013

19.11.2012

Lavei a pia,
mas antes,
você os pratos
pensei que você
sorria
mas estava enganado

Não havia
aquilo
que havia
imaginado

Era tudo invenção minha.
Sua presença
não era ao meu lado.

Só eu me confundia
acreditando
haver diálogo
bobagem dessa
cabeça vadia

Você nem parecia
ter gostado.

domingo, 27 de outubro de 2013

17.09.2013

Para toda a impaciência que impera na vida de quem amo, desejo a sensatez. Desejo a generosidade para se perceber que a diferença é condição de existência e continuidade da vida e, portanto, antes de proferir aquela voz mais alta, de fazer aquele gesto de desaprovação, de dar aquele riso irônico e sussurrar aquelas palavras rancorosas, antes de ferir aquele cuja vida lhe é tão cara, que haja tempo para mudar de estratégia e entender que o sofrimento não é privilégio somente seu. Não tenho solução para todos os problemas que nos cercam nesse momento, se tivesse já teria compartilhado; mas acredito sinceramente que com carinho e calma - um abraço e um beijo por mais breve e sem jeito já é um começo - diante da limitação do outro, os problemas diminuem consideravelmente de tamanho.

Vai saber...*

Talvez eles se gostem, assim de querer bem e sempre por perto para fazer história. Talvez seja apenas tesão, desses de provar o sexo e se guardar segredo, assim meio sem jeito, como quem não sabe se tenta outra vez ou se conforma com o que houve. Talvez isso passe pela cabeça dos dois sem que um saiba sobre o outro e vice-versa e, enquanto ninguém se arrisca além do que já se sente, vão disfarçando o desejo com maliciosas provocações, sob o álibi de uma simples amizade.


* Versão 27.10.2013 de 15.02.2011.

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Primeira parte de 12.03.2013

Eu tenho o seu sorriso.
Você, o meu.
Essa é a melhor parte,
quando o que nos pertence
é apenas o brilho dos dentes.

domingo, 20 de outubro de 2013

27.04.2013

Você não confia em mim, eu sinto.
Eu desconfio de você, você sabe.
Como garantir então
que isso se chame amizade?

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

11.08.2013

No meu corpo,
pouco desejo
não tem espaço.
Devoro guloso
os seus abraços,
mastigo seus beijos,
alucinado e
deito pleno
sobre nós dois,
já alimentando
desejo para depois.

domingo, 13 de outubro de 2013

Orgasmos Múltiplos*


* Projeto RR. Releitura de 22.10.2012 (Pequeno gozo) em 10 e 12.10.2013.

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

28.05.2013

Descobri então
que sou preguiçoso
para pensar.
Tanto que
provavelmente
não levarei
esse poema
a diante.

domingo, 6 de outubro de 2013

15.08.2012

Já me cansei. Desregulei o relógio biológico, troquei os ponteiros do sono e da fome. Agora resta-me o imprevisível. Quantas horas dormirei? Terei fome ao acordar? E nessa falta do que fazer, faço cada vez menos o pouco que devo, cada vez mais lento, adio o quanto posso e tenho podido muito, tanto que só como e durmo. Na hora de comer durmo. Na hora de dormir, petisco, rastejo pela casa, até durmo. Já me cansei e mesmo cansado sigo aceso, acordado. Amanhã que já é hoje tentarei almoçar antes da janta, com alguma sorte, ou quem sabe insônia, até tomo café da manhã. 

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Poderia ser ouro... Mas é areia!

Praia de Tabuba/AL - 15.09.2013

02.07.2013

Você diz faça
Você disfarça