domingo, 24 de novembro de 2013

17.09.2013

Senhor, tenha calma.
Seja paciente com todos
esses seus entes queridos.
Entenda que apesar
do sangue em comum,
há diferenças gritantes.
E a única maneira
de transpô-las
é aprendendo a lidar
não com o que os separa,
mas com o que os une.
Senhor, tenha amor
antes da certeza.
Tenha paciência,
antes da razão.

Nenhum comentário: