quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

25.12.2008

Olharei nos teus olhos
Encherei meus pulmões de ar
pra te dizer
em silencio
que tudo mudou e ainda assim
sou o mesmo
Te olharei profundamente
e antes que você diga algo
ou me abrace
meus olhos te intimidarão
meus olhos te cegarão
meus olhos devorarão os seus
Parados frente a frente
eu te olharei
de cima a baixo
eu te direi
em silêncio
o quanto doeu
o quanto passou
o quanto não passa
o quanto você
não soube
amar

Nenhum comentário: