quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Testamento II*

Deixo tudo que não passou de desejos
para vocês realizarem;
Deixo o resto comigo
que é pouco ou quase nada:
pedaços de uma história
mal contada.
Deixo a todos da família
a tristeza da partida
Levo comigo a metade
Deixo essa droga de morte
e vou viver a minha vida
com o que sobra de vontade.


* Projeto RR. Releitura de 06.01.2011 (Testamento) em 18.12.2013.

2 comentários:

Gracita disse...

Olá amigo Reticente
Que o verdadeiro sentido do natal esteja sempre presente em teu dia a dia e que a esperança esteja sempre presente te auxiliando na concretização dos teus sonhos. Que no próximo ano os teus sonhos sirvam de inspiração para realizar e sentir que a vida é um presente iluminado que Deus nos deu. Que este seja o natal do renascimento do amor fraterno. Que possamos caminhar unidos em 2014 e que os laços de amizade que nos uniu se fortaleçam a cada novo dia. Obrigada pelo carinho e amizade que você tão generosamente me concedeu em 2013.
Um feliz e abençoado natal e um ano novo de vitórias e conquistas.
Beijos com meu carinho e minha sincera amizade
Gracita

João disse...

Digamos que eu necessite ler o que você escreve para poder tocar em frente o meu lado do projeto. Mas desconfio que tenho alguma insanidade mental, pois mesmo sabendo que preciso escrever e que se eu vier aqui tomarei inspiração, eu simplesmente não consigo abrir sua página, querido. Eu simplesmente não consigo apertar uns poucos botões e dar conta do nosso projeto. Pelo mesmo motivo que não leio a querida Laisa há muito tempo. E olhe que eu acho o projeto o máximo!!
Eu não tenho desculpas, só tenho que pedir que me perdoe. Vou tentar ser mais pontual contigo próxima vez.

Até mais querido, que nosso elo cresça mais e mais.