quarta-feira, 23 de abril de 2014

23.04.2013

Começou a chover. Já era tempo de amenizar o calor, de secar o suor. Chove grosso e ininterruptamente, no céu não há perspectiva do azul aparecer. Tudo cinza e molhado, o mundo desabando em água, que escorre pelas paredes, respinga nas janelas esquecidas abertas, formando poças de todos os tamanhos.

Maceió/AL - 24.04.2013

Nenhum comentário: