domingo, 6 de abril de 2014

Versão adaptada de pequeno trecho de 19.11.2013

E se não houver amanhã como o esperado? Se os meus problemas, os problemas que giram na minha cabeça, destruírem o mundo nessa madrugada; quando eu acordar, quem vai pôr ordem em toda essa desgraça?!

Nenhum comentário: