domingo, 3 de agosto de 2014

08.06.2014

Fala-se sobre o que se pensa que sabe. Fala-se sobre o que se sabe como se o que se soubesse abarcasse a complexidade do que se está falando. Ouve-se e descobre-se que há outras maneiras de saber sobre o que se falava. Ouve-se e descobre-se que se sabia sobre o que se falava, mas também que há sempre mais o que aprender sobre o que se sabe.

Nenhum comentário: