quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

08.05.2013

Fiquei tanto tempo sem fazer a barba
Que outro dia me subiu uma agonia
Uma coceira danada,
decidi arrancar os pelos da cara,

Barbeador a postos, minha mão tremia
Estava destreinado,
tanto que encerrado o ofício
parecia mais que tinha tentado
suicídio...

Sem saber bem qual das veias
era a jugular.

Nenhum comentário: