domingo, 31 de maio de 2015

27 e 31.05.2015

O sentido da vida
não é claro;
antes, é vago
e obscuro
às vezes
comovente
às vezes
muito duro.