quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Desejo flutuante*

Talhei seu corpo no meu pensamento
e agora, nessas noites quentes
ao deitar suado na cama
imprimo no lençol os contornos
de um desejo que nunca realizaremos


* 26.08.2015.

Nenhum comentário: