quarta-feira, 30 de setembro de 2015

30.09.2015

Mordida
assim
a dura
vida

Restara
então
puras
lambidas

Nenhum comentário: