domingo, 18 de outubro de 2015

18.10.2015

Chocam-se as ideias
entre as palavras
desordenadas
relutante
nasce na tela
outro poema
insignificante

Nenhum comentário: