domingo, 4 de outubro de 2015

Nós*

É do mínimo,
do sutil,
do micro
acumulado
e revolvido
continuamente
que
o significativo
surpreende
os sentidos


* 04.10.2015.

Um comentário:

Ricardo Monteiro disse...

Exatamente...

Boa noite moço,
Abraços.