quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Série "Aleatórias Inspirações" - 3/8*

Ela pede um olhar-escavação, algo de perícia e passeio. Mas alerta para a confusão que é sua alma, seu dentro, seu peito-armadilha. Ela convulciona esse pedido e aguarda o brilho dos teus olhos vadios e dispersos varando todo o espaço abandonado que é ela em sua cama. Não pisque, aguente firme, e descobrirá que toda essa poeira dançando entre os feixes de luz amarelados de dor aguda e embaralhada é somente amor desregrado. 


* Inspiração em: http://manchareiseunome.blogspot.com.br/2015/11/reparar.html. 25.11.2015.

Nenhum comentário: